sexta-feira, 6 de março de 2009

Grandes Nomes do Blues 6 – Blind Lemon Jefferson


Normalmente citado como o primeiro intérprete de folk blues, Blind Lemon Jefferson foi muito mais que isso: foi a primeira estrela do blues americano. A importância de seus discos para a Paramount – diz-se que foram vendidas mais de 100.000 cópias – converteu Jefferson em uma celebridade muito além do circuito sulista do blues.

Jefferson nasceu em Couchman, Texas, provavelmente em 1897, e provavelmente “Lemon” era seu verdadeiro nome. Talvez durante sua juventude tenha sido parcialmente cego. Foi um autodidata que aprendeu a tocar a guitarra muito cedo, tanto que já adolescente viajou a Dallas para tocar nas esquinas, bares e bordéis do amplo distrito de ócio Deep Ellum, ao lado da Rua Elm, no bairro afro-americano da cidade. Colaborou durante algum tempo com Huddie “Leadbelly” Ledbetter, até este ser preso em 1918.

Em 1925, alguém – provavelmente o pianista Sammy Price – o recomendou aos caça-talentos da Paramount, aonde Jefferson acabou gravando por volta de 100 músicas (contando versões alteradas) e editando 42. Em 1927 também se deixou querer brevemente pela Okeh Records, oferecendo-lhes uma versão da já famosa “(That) Black Snake Moan” e a primeira versão de “Match Box Blues” a qual se empenhou em fazer uma nova versão para a Paramount. Foi tamanha sua popularidade que a Paramount adornou alguns de seus discos, emoldurando sua foto mais famosa e cercando-a de brilhantes limões.

“Lemon era gordo, sujo e libertino, mas sua voz trouxe o mais excitante country blues dos anos vinte.”Samuel Charters

Resumindo, Jefferson agia como a estrela que era. Acostumado a viajar sozinho, comportava-se como um dandy: bem trajado, exigia respeito por onde passava e uma remuneração adequada (uma de suas citações preferidas era “Don’t Play Me Cheap!”). Mesmo que a maioria de suas músicas mais famosas (“Tin Cup Blues”, “’Lectric Chair Blues”, “Match Box Blues”) representavam um homem sofrendo sob condições opressivas, seu perfil musical era o de um sobrevivente nato. Sua entonação era alta e flexível, e sua dicção frágil, porém segura. Suas letras refletiam os desejos, paixões e a luta diária da classe trabalhadora negra com uma crueza quase poética sem precedentes no mundo discográfico.

Como guitarrista foi um perfeito inovador que soube extrair todo o néctar dos 12 compassos, utilizando-a normalmente, ao menos em seus discos. Ao criar vozes distintas através de marcas graves e ao interromper às vezes o fluir do ritmo com giros em uma só corda, sua interpretação se acercava ao contraponto do pianista que sem duvida havia escutado quando jovem nas bodegas do Deep Ellum.

Em dezembro de 1929, Jefferson foi encontrado morto em uma calçada de Chicago, aparentemente depois de perder-se no meio de uma tempestade de neve e sofrer um ataque do coração. O pianista Will Ezell levou o corpo ao Texas, aonde foi enterrado no cemitério de Wotham, próximo ao seu lugar de nascimento.

Pouco tempo depois, o reverendo Emmet Dickinson gravou o que certamente seria o primeiro disco-homenagem da história do blues: um sermão intitulado “The Death of Blind Jefferson”. Que um artista com uma trajetória de apenas meia década receba tal tributo póstumo é algo notável, e que seja editado por um representante da igreja, o sustenta (levando em conta que na época, aos cristãos era recomendado evitar o blues). Porém as palavras de Dickinson souberam comover a todos aqueles que durante anos tinham escutado os discos – e dançado nos espetáculos – de Jefferson: “Blind Lemon Jefferson morreu, e hoje o mundo chora sua perda... Há um vazio em nossos corações que nunca será preenchido.”

Baixe aqui e escute a "The Best of Blind Lemon Jeffeson":

01. Match Box Blues
02. That Crawlin' Baby Blues
03. Hot Dogs
04. Corrina Blues
05. Rambler Blues
06. Rabbit Foot Blues
07. Dry Southern Blues
08. 'Lectric Chair Blues
09. One Dime Blues
10. Got The Blues
11. See That My Grave's Kept Clean
12. He Arose From The Dead
13. Black Horse Blues
14. Prison Cell Blues
15. Booster Blues
16. Bed Spring Blues
17. Jack O' Diamond Blues
18. Beggin Back
19. Wartime Blues
20. Easy Rider Blues
21. How Long How Long
22. Long Lonesome Blues
23. I Want To Be Like Jesus In My Heart

http://www.zshare.net/download/92492732f3c2addb/